QUINTA 24.10.13

CINE RECORD ESPECIAL
23h30 Record - Queime Depois de Ler
(Burn After Reading, EUA, 2008)
Direção: Ethan Coen, Joel Coen
Elenco: Brad Pitt (Chad Feldheimer), George Clooney (Harry Pfarrer), John Malkovich (Osbourne Cox), Frances McDormand (Linda Litzke), Tilda Swinton (Katie Cox)
Sinopse: Osbourne "Ozzie" Cox, inconformado com o que considera ser "politicagem dos burocratas" da CIA, demite-se da função de agente de espionagem e resolve dedicar-se a escrever um livro de memórias, gravando suas revelações bombásticas no seu computador.
Ozzie é casado com a médica Katie Cox, que está insatisfeita com o marido e tem buscado ajuda de advogados para preparar-se para o divórcio. Aconselhada por esses advogados, ela passa a vasculhar o computador do marido e grava um CD recheado de informações mais ou menos sigilosas (mais pra menos do que pra mais).
Harry Pfarrer é um policial paranóico, que anda sempre armado e vigilante. Para ele, sempre tem alguém o perseguindo (e de fato tem). Harry é casado com a escritora de livros infantis Sandy Pfarrer. Os Pfarrers frequentam a casa dos Cox, apesar de Sandy achar Katie uma "vaca fria e egocêntrica", que é a mesma opinião que Katie tem de Sandy.
Katie Cox é uma das amantes de Harry Pfaffer, um assíduo frequentador de um site de namoros pela internet.
O mesmo site é frequentado por Linda Litzke, que trabalha na Academia de ginástica "Hardbodies Fitness Center" e que para se "reinventar" resolve consultar um médico que recomenda 4 procedimentos cirúrgicos: lipoaspiração, renoplastia, cirurgia plástica e aumento dos seios. O problema é que o plano de saúde de Linda não está muito propenso a bancar esses procedimentos.
A "Hardbodies Fitness Center" é frequentada por executivos, advogados e jovens senhoras. Chad Feldheimer, um personal trainner, fica entusiasmado quando Manolo, outro funcionário da Academia, encontra no chão de um dos vestiários um CD contendo informações mais ou menos valiosas (mais pra menos do que pra mais) e decide bancar o bom samaritano devolvendo o CD ao seu dono...em troca de uma boa recompensa.
Notas da Crítica:
Fernanda Teixeira, Almanaque Virtual: 5/5
Daniel Oliveira, Pílula Pop: 80/100
Filipe Quintans, Almanaque Virtual: 4/5
Marcelo Hessel, Omelete: 4/5

Mario Abbade, Almanaque Virtual: 4/5
Rodrigo Carreiro, Cine Reporter: 4/5

Pedro Butcher, Folha Ilustrada: 3/4
Geo Euzebio, Cineplayers: 7/10

Alysson Oliveira, Cineweb: 3/5
Andy Malafaya, Cineplayers: 6/10

Carlos Eduardo Corrales, Delfos: 3/5
Frini Georgakopoulos, Almanaque Virtual: 3/5
Rodrigo Fonseca, Almanaque Virtual: 3/5



RUSH-NO LIMITE DA EMOÇÃO

(Rush, Alemanha/ EUA, 2013)
Direção: Ron Howard
Elenco: Cris Hemsworth, Daniel Brühl, Olivia Wilde, Alexandra Maria Lara, Pierfrancesco Favino, David Calder
Sinopse: Anos 1970. O mundo sexy e glamouroso da Fórmula 1 é mobilizado principalmente pela rivalidade existente entre os pilotos Niki Lauda e James Hunt. Eles possuíam características bem distintas: enquanto Lauda era metódico e brilhante, Blunt adotava um estilo mais despojado, típico de um playboy. A disputa entre os dois chegou ao seu auge em 1976, quando ambos correram vários riscos dentro do cockpit para que pudessem se sagrar campeões mundiais.
Bastidores: Indicado ao Globo de Ouro em duas categorias: Melhor Filme - Drama e Melhor Ator Coadjuvante (Daniel Brühl )
Estreou em 13/9/2013.

Nenhum comentário: