Todo Mundo em Pânico

SESSÃO ESPECIAL
22h30 Band - Todo Mundo em Pânico
(Scary Movie, EUA, 2000)
Direção: Keenen Ivory Wayans
Elenco: Carmen Electra (Drew Becker), Shannon Elizabeth (Buffy Gilmore), Anna Faris (Cindy Campbell), Cheri Oteri (Gale Hailstorm), Marlon Wayans (Randy), Marissa Jaret Winokur (Jill), Mark Hoeppner, Jon Abrahams (Bobby), Kurt Fuller (Xerife), Regina Hall (Brenda), Kimberly Jones, Keenen Ivory Wayans, Shawn Wayans (Ray).
Sinopse: Das mentes dos criadores do seriado da TV americana "In living color" surge o primeiro thriller-comédia, em que adolescentes apavorados fugindo de maníacos assassinos são o pretexto para uma série de piadas envolvendo todos os recentes filme de terror, da série "Pânico" até "O sexto sentido", passando ainda por outros grandes sucessos do cinema, como "Matrix" e "Os suspeitos".
O título original do filme era Scream If You Know What I Did Last Halloween, algo tipo "Grite se você souber o que eu fiz no último dia das bruxas", uma brincadeira com os nomes dos filmes das séries Pânico, Halloween e Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado.



Todo Mundo em Pânico 4
(Scary Movie 4, EUA, 2006)
Direção: David Zucker
Elenco:
Anna Faris (Cindy Campbell); Craig Bierko; Regina Hall (Brenda Meeks); Leslie Nielsen (Presidente Harris); Simon Rex (George); Carmen Electra; Chris Elliott; Dr. Phill; Shaquille O’Neal
Estréia nos cinemas: 02/06/2006
Sinopse: A seqüência de abertura é uma sátira a Jogos Mortais, da qual participam Dr. Phill (psiquiatra e apresentador de TV bastante popular nos Estados Unidos) e o jogador de basquete Shaquille O’Neal (Kazaam). Os dois aparecem presos em um banheiro sujo e têm que decidir quem vai cortar partes do próprio corpo para escapar primeiro.
Cindy Campbell é uma loira que teve um trauma em sua carreira frustrada de lutadora de boxe feminino e resolveu dedicar-se a trabalhar como acompanhante de velhinhas, indo parar na casa da sra. Norris. O problema é que a casa é assombrada pelo fantasma de um menino japonês. A sra. Norris é vizinha do estivador Tom Ryan, um pai ausente e negligente na criação de seus dois filhos, Rachel e Robbie, com quem ele pretende passar o fim-de-semana. Acidentalmente, uma bola de beisebol arremessada por Tom Ryan acerta a cabeça de Cindy Campbell e assim eles se conhecem, pouco antes do mundo ser invadido por tripods extraterrestres.
O menino fantasma japonês dá pistas sobre quem está no comando da invasão.
Enquanto isso o presidente dos Estados Unidos está mais preocupado em descobrir como terminou a historinha do patinho de fugiu da menina.
Notas da Crítica:
Renato Marafon, Cinepop: 4/5
Thiago Sampaio, Cinema Com Rapadura: 7/10
Luiz Antonio Giron, Época: 6/10
Celso Sabadin, Cineclick: 5/10
Maria Cândida, rede Record: 5/10
Diego Benevides, Cinema Com Rapadura: 5/10
Christian Petermann, Guia da Folha: 4,5/10
Rodrigo Carreiro, Cine Reporter: 2/5
Pablo Villaça, Cinema Em Cena: 2/5
Gabriel Carneiro, Os Intocaveis: 2/5
Mariane Morisawa, Isto É Gente: 4/10
André Gordirro, SET: 4/10
Ricardo Matsumoto, SET: 4/10
Tony Pugliese, Cineplayers: 4/10
Miguel Barbieri Jr., VEJA SP: 3/10
Felipe Figueiredo, Cinéfilos On Line; 3/10
Alysson Oliveira, Cineweb: 1/5
Andy Malafaya, Cineplayers: 1/10
Luiz Carlos Merten, O Estado de São Paulo: 0/10
ÍNDICE NC: 4,09/19

Nenhum comentário: